Início / Ecoturismo / Visões de Cunha, a bucólica cidade nas paisagens entre São Paulo e o Rio
A Cachoeira do Pimenta, uma cachoeira fácil de chegar no interior de SP - foto: divulgação

Visões de Cunha, a bucólica cidade nas paisagens entre São Paulo e o Rio

A Estância Climática de Cunha, ou simplestemente Cunha, é uma das cidades do interior de São Paulo mais gostosas para visitar no ano inteiro, mais ainda especialmente no inverno, em julho, para quem quer fugir do ar seco e da poluição de São Paulo. Cunha fica a 250 km de São Paulo, no leste do estado. Veja como chegar em Cunha.

Não é por acaso que Cunha é uma estância climática: a temperatura fica entre 15 e 25 ºC, no verão, e -3 a 15 ºC durante os meses de inverno, um clima ameno e friozinho, ótimo para viagens de casais ou para quem quer fugir do calor em um lugar de ar puro.

Entre as atrações de Cunha, que fica entre os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, estão reservas de Mata Altântica, cachoeiras, picos como a Pedra da Marcela, a 1.850 metros de altura, e até um trecho da Estrada Real que liga a tranquila cidade turística paulista a Paraty, no Rio de Janeiro.

– Onde ir no inverno: lugares baratos para viajar perto de SP

Cunha também se destaca pela gastronomia, com muitos restaurantes deliciosos à base de pinhão. Cunha é o maior produtor de pinhão do estado de São Paulo e realiza a Festa do Pinhão, geralmente em abril ou maio, com vários pratos tradicionais e receitas de pinhão.

Além de contar com bonitas paisagens, Cunha se destaca como um centro produtor de cerâmicas e artesanato desde a época em que a região era ocupada por índios.

A produção de cerâmica em Cunha ganhou novas técnicas com as paneleiras até que artistas começaram a se instalar na cidade na década de 1970. Hoje Cunha tem ateliês e muitas peças de artesanato que encantam os turistas, que tem muita coisa para fazer nessa cidade pequena, de 25 mil habitantes, e cheia de atrações.

Ecoturismo em Cunha

Cunha e a região é ideal para quem quer fazer ecoturismo nas belas paisagens da Serra do Mar e conta com duas reservas de mata protegida: o Parque Estadual da Serra do Mar e o Parque Nacional da Serra da Bocaina.

Em Cunha, o turista encontra trilhas que levam a belas cachoeiras e também cachoeiras de fácil acesso para banho, como a Cachoeira do Desterro, uma das mais bonitas e conhecidas cachoeiras da tranquila cidade no interior de SP.

Outras cachoeiras bonitas para conhecer em Cunha são a Cachoeira do Pimenta, também uma cachoeira de fácil acesso, com infraestrutura como lanchonete e banheiro para turistas, e a Cachoeira dos Pilões, dentro da área do Parque Estadual da Serra do Mar.

Para quem quer ter uma visão deslumbrante das paisagens de Cunha e ver toda essa bonita região entre o Rio de Janeiro e São Paulo, existem vários mirantes.

A Pedra da Marcela é o ponto mais alto de Cunha-SP, a 1.850 metros de altitude, e permite ver, nos dias de melhores visibilidade, até a Ilha Grande e as baías de Paraty e de Angra dos Reis. Uma visão inesquecível.

Outro mirante para conhecer em Cunha é o mirante da Pedra da Espia, de onde a vista também alcança as baías de Angra dos Reis e de Paraty, além das escarpas da Serra do Mar, tudo pintado pelo verde da Mata Atlântica da região.

Festas populares de Cunha

Cunha tem muitas festas populares e eventos no calendário. Ao longo do ano, comemora-se a Folia de Reis e o Carnaval de rua, no começo do ano, por exemplo.

Mas julho é um dos melhores meses para quem quer, além de conhecer as belezas naturais de Cunha, aproveitar festas populares.

A cidade organiza o já tradicional festival de inverno Acordes na Serra, com uma vasta programação de música na temporada de inverno. Também em julho, Cunha organiza a Festa do Divino, uma das principais festas populares do interior de SP, principalmente na região do Vale do Paraíba.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *