Início / Ecoturismo / Onde pular de para-quedas em São Paulo – Boituva e outros lugares

Onde pular de para-quedas em São Paulo – Boituva e outros lugares

Pular de pára-quedas é o sonho de muita gente. E existem muitos lugares onde pular de pára-quedas perto de São Paulo, capital.

Quem quer pular pela primeira vez tem algumas opções de escolas de pára-quedas que dão cursos para realizar o primeiro salto.

Boituva, uma pequena cidade no interior de SP, a 116 km de São Paulo, capital e perto de Sorocoba, é o lugar mais famoso para quem quer pular de pára-quedas em São Paulo e enfrentar a adrenalina da queda-livre.

A fama da relação de Boituva e dos pára-quedas vai além das fronteiras de São Paulo e até do Brasil. Como registra a Wikipedia, Boituva-SP é o principal centro de paraquedismo da América Latina.

Em Boituva fica o Centro Nacional de Pára-quedismo (CNP), ou, em inglês, National Skydiving Center.

O Centro Nacional de Pára-quedismo reúne várias escolas de pára-quedismo para quem quer investir em um curso para pular de pára-quedas pela primeira vez ou se aprimorar nos saltos.

Na página do Centro Nacional de Para-quedismo no Facebook é possível conhecer mais sobre esse esporte radical e ver fotos e vídeos de saltos de pára-quedas.

Existem outros lugares em SP para pular de pára-quedas além de Boituva, como anota o site oficial da Confederação Brasileira de Paraquedismo.

Abaixo, listamos as áreas de salto de pára-quedas em São Paulo de acordo com o site da confederação.

Onde saltar de para-quedas perto de SP

  • Albatroz Skydivepiracicaba – Americana
  • Centro Aeroterrestre Skydive – São Paulo
  • Centro Nacional de Pára-quedismo – CNP – Boituva
  • Céu Azul Paraquedismo – Batatais
  • Skydive Araraquara – Araraquara
  • Skydive Rio Preto – Mirassol – São José do Rio Preto
  • Skypira – Piracicaba

Na hora de escolher uma escola de pára-quedas para realizar o salto, não escolha só pelo preço para pular de pára-quedas pela primeira vez, mas veja a experiência da escola de pára-quedismo, as condições de segurança e os certificados.

Com certeza, o preço de pular de pára-quedas não pode ser o único critério para se iniciar neste esporte radical, onde o barato sai caro.

Pára-quedas ou paraquedas? Como escrever

Uma curiosidade para os leitores do blog de viagens Rota Interior: a forma certa de escrever é PARAQUEDAS, de acordo com o Novo Acordo Ortográfico, que começou a valer em 2009.

E antes do acordo, o certo era escrever pára-quedas, com acento. Nesse caso, nós não seguimos as regras :)

– Acompanhe o Rota Interior no Facebook

– Trilhas para bike em SP

Veja também:

2 comentários

  1. Nossa! Muito legal. Gostaria de saltar. Está entre minha lista para 2015!

    • Oi Dan,

      nós não indicamos escolas de para-quedas porque escolher a escola de para-quedas para o primeiro salto de para-quedas é uma decisão difícil e individual. Como não saltamos em todas, não podemos arriscar indicar, não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *