Início / Feriados / Viagens curtas para o final de semana em SP, RJ, MG e Paraná
O Museu Imperial de Petrópolis, cidade turística do RJ

Viagens curtas para o final de semana em SP, RJ, MG e Paraná

As férias de janeiro acabaram, o próximo feriado prolongado ainda está distante. Que tal escolher um destino para um final de semana de descanso e diversão?

 

A Plataforma 10 apresenta a seguir, lista com sugestões de destinos para um fim de semana ou alguns dias de folga sempre partindo de algumas capitais. Preparado para essa viagem?

Viagens curtas a partir de São Paulo (SP)

Rio de Janeiro (RJ) – Alguns dias de Rio de Janeiro revitaliza qualquer um. Uma infinidade de opções de diversão e descanso é oferecida pela cidade maravilhosa.

Passeios aos pontos turísticos como o Pão de Açúcar, Corcovado ou o Cristo. Pedalar pela orla é uma boa opção para aqueles que são adeptos aos passeios ao ar livre e gostam de vivenciar a cidade de uma forma diferente.

Para os turistas que procuram uma diversão a mais, no período da noite o endereço é o bairro da Lapa. Lá a curtição nos bares é garantida com muita música, bebida, comida e lógico muita paquera.

Guarujá (SP) – Bem pertinho da capital, a cidade recebe os paulistas com muitas opções de praias, sol e diversão.

Passeios de escuna e barcos podem te levar a locais que não possuem acesso por terra e que possuem atrações naturais espetaculares da fauna e flora marinha da região.

A noite o turista pode se deliciar em uma das diversas sorveterias disponíveis na cidade ou fazer um delicioso passeio nos calçadões a beira mar.

Atibaia (SP) – Encravada em um conjunto de serras, facilita a circulação dos ventos e o ar sempre limpo, a um pouco mais de uma hora de São Paulo.

A cidade apresenta ao turista uma diversidade ecológica, garantida por passeios como o de teleférico que leva o visitante do ponto mais alto do município a conhecer o Lago do Major até o Morro da Pedra Grande e para os mais radicais, em Atibaia é possível praticar o voo livre.

Águas de Lindóia (SP) – Se busca tranquilidade e algumas comprinhas, aqui é o seu destino. A cidade oferece banhos de imersão e tratamentos de argila, além de três piscinas refrescantes no Balneário Municipal.

A Represa do Cavalinho Branco não pode ficar fora do roteiro do passeio, com ciclovia e aluguel de cavalos, garante momentos de diversão e relaxamento. Mas se você é do tipo que não abre mão de uma comprinha, a cidade possui lojas especializadas em malhas e artigos de couro, um prato cheio para renovação do guarda roupa.

Viagens românticas para viajar em junho e dia dos namorados

Viagens a partir do Rio de Janeiro (RJ)

Parati (RJ) – A cidade pode ser contemplada de diversas formas: cultura, história, natureza, diversão, cachaça, arte, gastronomia, agito e tranquilidade. Escolha a sua e aproveite Parati.

Passear pelo centro histórico é voltar ao Brasil colonial, a Casa da Cultura oferece várias opções de shows, exposições, e atividades para crianças.

Para quem procura algo mais diferenciado pode visitar os alambiques de cachaças artesanais ou a Cervejaria Caborê e degustar cervejas Pilsen, de trigo e escura, sem conservantes.

Búzios (RJ) – As mais de 20 praias, o charme da antiga aldeia de pescadores, os restaurantes típicos e os internacionais, as galerias, clubes e boutiques atraem os visitantes.

A Praia de Geribá atrai os surfistas, enquanto os mergulhadores com snorkel aproveitam as paisagens oceânicas da Praia da Ferradura. Já a descolada Praia dos Ossos oferece cafés à beira-mar e se o intuito do passeio for relaxar a Praia de Ilhabela é o lugar. A palavra de ordem em Búzios é descansar e aproveitar.

Petrópolis (RJ) – A cidade Imperial é circundada pela Mata Atlântica e cheia de arte, música, dança, cultura e tradição. Visitar Petrópolis é misturar o passado e o presente.

Na gastronomia, as confeitarias, bares e restaurantes oferecem muito sabor, o charme das pousadas e hotéis são um capítulo à parte para quem visita o local; além do polo de compras diversificado que garante experiências memoráveis.

Angra dos Reis (RJ) – Passeios de barcos, praias e cachoeiras reservadas, e muita história. Esse é o cardápio oferecido pela cidade.

Américo Vespúcio registrou em carta a melhor e mais conhecida descrição de Angra dos Reis. “Se existe um paraíso, é bem perto daqui. ” Diante de tal afirmação, uma das mais antigas cidades brasileiras no litoral Sul do Rio de Janeiro, se tornou um dos destinos preferidos dos turistas brasileiros e estrangeiros.

Lugares para viajar no inverno perto do Rio de Janeiro

Viagens curtas a partir de Curitiba (PR)

Ilha do Mel (PR) – Tombada como Patrimônio Histórico e Natural, conta com duas unidades de conservação: um Parque Estadual e uma Estação Ecológica, que ocupam cerca de 95% do seu território.

O passeio agrada dos aventureiros aos mais caseiros. Na ilha não entram carros, então precisa de disposição para caminhar por trilhas de areia e levar consigo uma lanterna para iluminar os caminhos nos passeios noturnos.

A Praia de Encantadas reúne a galera mais jovem, enquanto a de Brasília tem uma estrutura melhor de hospedagem e restaurantes. Para chegar na Ilha é preciso ir até Paranaguá e lá pegar a barco até a Ilha do Mel.

Joinville (SC) – A maior cidade de Santa Catarina é conhecida como a “Cidade dos Príncipes”. Tradicional pelos jardins floridos e pelas bicicletas, proporciona uma grande experiência para o turista.

Chegar em Joinville já é encantador, o pórtico de entrada de origem germânica e holandesa apresenta todas as possibilidades de passeios que a cidade oferece. No Moinho ao lado funciona o posto de informações turísticas e entre algumas dicas que serão apresentadas estão museus e o passeio no Barco Príncipe.

Florianópolis (SC) – Florianópolis é o lugar para aqueles que procuram aventura e esportes radicais para passar seus momentos de descanso. Os belos visuais, que envolvem montanhas, praias e lagoas oferecem diversas opções para quem gosta de se exercitar ou de apenas praticar atividades ao ar livre, em constante contato com a natureza.

O clima da Ilha contagia, basta uma volta pelos bairros ou nas praias para se inspirar. A cidade é um verdadeiro cardápio para as atividades de lazer para todos os tipos e gostos.

Ponta Grossa (PR) – A cidade possui um dos mais belos e estruturados parques estaduais do estado do Paraná. O Parque de Vila Velha é formado por grutas, cavernas e lagoas.

O local possui 3 grutas abertas à visitação e a Lagoa Dourada, que é uma caverna com um espelho d’água com mais de 320 metros de diâmetro.

Fora o parque, Ponta Grossa também oferece outras formas de contato com a natureza, como o Buraco do Padre, um cânion com 50 metros de profundidade e uma cachoeira com 30 metros de queda e uma piscina natural. Se estiver acompanhado de crianças não deixe de visitar também o Safari´s Farm, uma fazenda de antílopes e cervos.

Férias de julho: destinos de inverno no Brasil

Viagens curtas a partir de Belo Horizonte (MG)

Ouro Preto (MG) – A cidade abriga o maior conjunto arquitetônico do barroco brasileiro, conservando verdadeiras joias como as igrejas de São Francisco de Assis, considerada o ícone do estilo e obra prima de Aleijadinho; e a de Nossa Senhora do Pilar, enfeitada com mais de 400 quilos de ouro.

Nas ladeiras de paralelepípedos, tradicionais da cidade, ainda estão os chafarizes, capelas, museus e belos casarios coloniais que guardam e contam histórias dos séculos 17 e 18, período da Inconfidência Mineira.

A noite os bares e as festas agitam as repúblicas de estudantes. São mais de 200 moradias que abrigam cerca de cinco mil alunos da Universidade Federal de Ouro Preto.

Diamantina (MG) – Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco desde 2002, a cidade oferece ao turista casarões e igrejas barrocas como principais atrações.

Considerada o marco zero da Estrada Real, o local oferece opções de passeios naturais com grutas, cachoeiras e trilhas ecológicas. A região é conhecida por várias histórias com a Chica da Silva, uma escrava que por sua beleza encantou um dos maiores exploradores de diamantes da cidade, João Fernandes de Oliveira.

Entre as histórias está a construção do lago artificial que ele mandou construir junto com um navio para satisfazer um dos tantos desejos extravagantes da amante. Durante a estada em Diamantina, não deixe de conversar com moradores antigos que contarão outras tantas histórias que povoam a cidade.

Caxambu (MG) – A cidade das águas minerais, gasosas e medicinais é privilegiada pela natureza. O local oferece saúde, bem-estar e relaxamento aos visitantes através do Parque das Águas, provenientes de 12 fontes diferentes e considerado o maior parque de águas carbogasosas do mundo, e do Balneário de Hidroterapia com os banhos de imersão em água mineral, saunas, duchas e tratamentos estéticos.

Outra boa opção de lazer é o passeio de charrete e cavalos que levam o turista para um tour pela cidade ou visitas as chácaras e fazendas da redondeza que oferecem cafés coloniais e almoços típicos.

Lambari (MG) – A cidade é muito procurada por causa das belezas naturais, clima e principalmente pela água mineral. Na gastronomia o destaque fica com o famoso requeijão Catupiry.

Em Lambari as compras não ficam fora da programação, visitar as feirinhas de artesanato, comprar roupas de malha e couro, além dos doces caseiros e queijos. O lugar é o indicado para os turistas que procuram tranquilidade, ar puro, lazer e boa receptividade.

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *