Início / Circuito das Águas / Lugares para viajar em Novembro e Dezembro: cidades turísticas em SP
Cachoeira em Joanopólis. Foto: A Duarte

Lugares para viajar em Novembro e Dezembro: cidades turísticas em SP

O Estado de São Paulo possui dezenas de cidades turísticas para quem procura viagens bacanas e deseja aproveitar o finalzinho da primavera e já se preparar para o verão.

 

Listamos algumas cidades turísticas do interior de SP com cachoeiras e destinos do litoral paulista com praias bonitas. São 20 dicas de lugares para viajar em Novembro, Dezembro e Janeiro.

Lugares com praias, trilhas e cachoeiras para você curtir uma viagem neste fim de ano. Confira!

Avaré – 277 km de SP

A “Terra do Verde, da Água e do Sol” é considerada uma estância turística do Vale do Paranapanema. Avaré destaca-se também por sua importância econômica, estando entre as 50 maiores cidades do Estado de SP.

Em tempos de crise hídrica, Avaré é abastada pelas águas da Represa Jurumirim, além de lagos e praças com muitas árvores, ambiente perfeito para uma viagem tranquila no interior de SP, pertinho da capital.

Como chegar? A viagem até Avaré leva cerca de 3 horas de carro pela Rodovia Castelo Branco. A Castelo tem pedágios caros (você irá gastar uns R$100 ida+volta), mas o asfalto é perfeito e garante uma viagem segura.

O que fazer? Avaré é recomendado para quem gosta de esportes aquáticos, como wakeboard que pode ser praticado na represa, pode fazer caminhadas no Horto Florestal, conhecer a cachoeira da Liberdade (fácil acesso) e tirar fotos no Cristo Redentor.

Onde ficar? Algumas dicas de hotéis são o Acquaville, Hotel Península, Hotel Fazenda Lagoa da Mata e o Hotel La Dolce Villa.

Bananal – 315 km de SP

Bananal fica localizada ao pé da Serra da Bocaína, em uma área de preservação com inúmeras possibilidades de contato com a natureza. Cachoeiras, rios, fazendas e reservas naturais.

Como chegar? A cidade fica na direção do Rio de Janeiro pela Rodovia Ayrton Senna, Carvalho Pinto e BR 116. Você vai levar cerca de 4 horas em viagem de carro e gastar uns R$50 de pedágio ida+volta.

O que fazer? Há trilhas fáceis e difíceis dentro da Mata Atlântica preservada, opções de passeios em fazendas e trechos históricos, como da antiga estrada de ouro. Cachoeiras e rios para quem gosta de água gelada!

Onde ficar? Há poucas opções de hotéis, mas uma boa opção é o Hotel Fazenda Três Barras e o Hotel Fazenda Boa Vista.

Dica de roteiro: Você pode fazer uma parada em São João do Barreiro, que é bem legal e fica só 50km de Bananal.

Barra Bonita – 295 km

Barra Bonita fica entre duas importantes cidades do interior, Jaú (20 km) e Botucatu (60 km). É uma cidade turística do Estado de SP ideal para quem viaja em família. O destino une passeios para compras e ecoturismo.

Como chegar? O acesso é pela Rodovia dos Bandeirantes e a viagem de carro leva aproximadamente 3 horas e meia. Você vai gastar uns R$ 100 de pedágio ida+volta.

O que fazer? Um dos passeios mais legais na região é o passeio de barco pelo Rio Tietê. Além disso, a estância turística ainda tem outros pontos de interesse, como feirinha de artesanato na praça, o museu histórico, a Igreja Matriz São José, o Memorial do Rio Tietê, além do trem turístico Simpatia Paulista.

Dica de roteiro: Quem vai à Barra Bonita deve aproveitar para conhecer Igaraçu do Tietê. É só atravessar o Rio Tietê e você chega lá. São menos de 10 km de distância.

– Pesquise opções de pousadas e hotéis no interior de São Paulo.

Ibitinga – 365 km de SP

Ibitinga se destaca por sua indústria têxtil e é muito legal para quem gosta de fazer compras em viagens. Há muitas lojinhas que vendem bordados e enxovais de cama, mesa e banho.

Como chegar? O acesso se dá pela Rodovia Bandeirantes e BR 364. A viagem de carro leva cerca de 4 horas. Os pedágios da rodovia são caros e você vai gastar cerca de  R$110 com as taxas.

O que fazer? A Feira dos Artesanatos é uma das grandes atrações aos sábados nas ruas ao redor da Igreja Matriz. Acontece no entorno outra feira com produtos do campo – frutas, verduras, legumes e flores. E o destino também é legal para pesca esportiva no interior.

Ibiúna – 75 km de SP

A beleza de Ibiúna, localizada na Serra do Paranapiacaba, pode ser vista nas cachoeiras, praias de rio e parques desta estância turística bem pertinho de São Paulo.

O que fazer? O clima de montanha da cidade é ótimo para caminhadas em parques de áreas protegidas, como o Parque Estadual do Jurupará, onde o visitante também encontrará muitas cachoeiras para refrescar-se.

Na Represa de Itupararanga é possível praticar esportes náuticos. Além disso, é possível assistir jogos de basebol no maior estádio deste esporte do Brasil (Centro de Treinamento Yakult).

Onde ficar? O melhor hotel na cidade é o Spaventura Ecolodge. Outras opções são a Pousada da Montanha e o Ibitur Hotel.

Joanópolis – 120 km de SP

Joanópolis é uma sugestão bem legal de viagem. Apesar de estar bem próxima de São Paulo, a cidade é cercada de verde e dona de uma flora incrível em áreas totalmente preservadas.

Como chegar? É fácil chegar lá. Siga pela Rodovia Ayrton Senna e BR 381. Joanópolis fica bem na divisa de SP com Minas Gerais, perto de Extrema e Monte Verde. É uma viagem barata e rápida, leva menos de 2h. Pedágio só na Fernão Dias (R$ 5 ida+volta).

O que fazer? Além de esportes náuticos nos rios Jaguari e Jacareí e a Represa de Joanópolis, a cidade tem trilhas para caminhadas na primavera e a cachoeira do preto para banhos de cachoeira no verão. E quem gosta de comprinhas, tem a Casa do Artesão com muitos itens produzidos na região.

Onde ficar? Há boas opções de hotéis de luxo e resorts em Joanópolis. Uma hospedagem bem avaliada e acessível é o Resort Monte das Oliveiras. Outras opções bacanas são a Pousada Recanto do Sol, o Hotel Casarão da Tuca e o SPA Surya Mantiqueira.

Paranapanema – 263 km de SP

Paranapanema é um dos 29 destinos considerados estância turística do Estado de SP. É um destino barato para uma viagem para relaxar em Novembro, Dezembro e Janeiro.

Como chegar? É uma viagem mais longa, leva cerca de 3 horas e meia para chegar lá. Você vai pela Castelo Branco e Rodovia Raposo Tavares. Com pedágio, vai gastar cerca de R$ 50 ida+volta.

O que fazer? O principal ponto turístico da cidade é a Represa Jurumirim e as praias de rio – Praia dos Holandeses, Praia Branca e a bela Ilha do Sol.

Dica de roteiro: Você pode estender a viagem e dirigir mais 85 km até Piraju, outra estância turística do Estado, banhada pelo Rio Paranapanema.

– Pesquise opções de pousadas e hotéis no interior de São Paulo.

 

São Pedro – 200 km de SP

A estância turística de São Pedro é um destino maravilhoso dentro do Estado de SP. Uma cidade bem próxima de São Paulo e natureza exuberante entre rios e cachoeiras.

Como chegar? Uma viagem curta e rápida. Você segue pela Rodovia dos Bandeirantes, uma estrada segura e com restaurantes para fazer paradas caso esteja fazendo a viagem com crianças. Com pedágio, você irá gastar cerca de R$ 50 ida+volta.

O que fazer? A dica é procurar uma agência de turismo para fazer os passeios em jipe 4×4, dentre os quais o tour dos mirantes e cachoeiras, a cachoeira da Furna e a trilha do Cristo.

Jamais saia com seu carro de passeio para fazer as trilhas, que são bem selvagens e precisam de carro apropriado.

Dica de roteiro: Quem vai à São Pedro, deve obrigatoriamente conhecer Águas de São Pedro e todas as cachoeiras da região. Visite o Spa Termal, o Monumento das Águas e a Fonte da Juventude.

Onde ficar? Você pode ficar tanto em São Pedro, quanto em Águas de São Pedro. Esta última possui hotéis mais luxuosos, como o LS Villas Hotel & Spa, Grande Hotel São Pedro e o Hotel Portal das Águas. Em São Pedro, as dicas de hospedagem são a hípica Santana´s Rauch e o Hotel Fazenda São João.

Guarujá – 100 km de SP

A dica agora é para quem gosta de praia. O Guarujá tem uma das melhores infraestruturas do litoral sul de SP.

Como chegar? Você desce a serra pela Rodovia dos Imigrantes e, tirando feriados, você consegue chegar em até uma hora e meia. Os pedágio é caro gasta-se aproximadamente R$ 50 para ir e voltar.

O que fazer? As melhores praias do Guarujá são o Tombo, Pitangueiras e Pernambuco, apesar de ser a Enseado o principal point de agito do litoral de SP. A noite no Guarujá é bem agitada e a balada Sirena e a Wood´s garantem boas noites de diversão para os solteiros.

Dica de roteiro: É possível fazer um roteirinho pelo litoral e passar por outras grandes cidades do litoral paulista como Santos, São Vicente e Praia Grande.

– Pesquise opções de pousadas e hotéis no litoral de São Paulo.

Ilhabela – 200 km de SP

É um dos lugares mais bonitos do Estado de SP. A grande Ilhabela, famigerada pelos borrachudos, que lá só vivem por conta da qualidade e pureza das águas da ilha, é uma estância turística de São Paulo.

Como chegar? Há dois trajetos possiveis para se chegar lá. Um deles é pela Rodovia dos Imigrantes, passando pelo Guarujá e Bertioga. Outro caminho, mais longo, é via São José dos Campos, pela Rodovia Ayrton Senna. Por esta última rota sairá mais barato, você vai gastar uns R$ 20 + o valor da balsa.

Importante: Pedestres, carros e ônibus, saindo de São Sebastião, deverão embarcar em balsa para chegar na Ilhabela. Leva-se cerca de 15 minutos e há balsas a cada 30 minutos, das 5:30 às 23:30 (após este horário, balsas saem de hora em hora). Saiba mais em http://www.ilhabela.com/balsa/

O que fazer? Antes de tudo leve repelente e supra-se de vitamina do complexo B algumas semanas antes de ir. Há algumas das praias mais bonitas do Brasil – A Praia do Jabaquara, Baía dos Castelhanos e a Praia da Feiticeira.

– Pesquise opções de pousadas e hotéis no litoral de São Paulo.

Espero que aproveitem as nossas dicas. Aproveite as belezas naturais do Estado de São Paulo, revise o seu carro e convide a sua família para fazer uma viagem legal e passar um final de semana divertido em uma das muitas cidades turísticas do interior e litoral de SP neste fim de ano e férias de verão.

Boa viagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *